Queenstown-blog-alem-do-mar
Viagem e Dicas

A magia de Queenstown

Queenstown está no topo da lista das cidades mais populares entre turistas. Conhecida como cidade-resort, a região tem paisagens de tirar o fôlego que podem ser visitadas praticamente ao longo de todas as estações do ano. Neste post separei um pequeno guia para quem quer conhecer Queenstown e aproveitar o máximo do que a cidade pode oferecer. Vamos lá?

 

Nome em maori: Tahuna
População: 15.300 (censo 2017)
Localização: Otago, Ilha Sul

Queenstown está na Ilha Sul do país e para chegar até a cidade você pode vir de avião ou dirigindo. Se você for passar mais de dois dias por lá, recomendo muito que você vá de carro ou motorhome – espécie de veículo que disponibiliza mobília e espaço com cama, banheiro e uma pequena cozinha. As estradas são muito bem sinalizadas e são um convite à aventura.

Leia também:

Surpresas de Christchurch

Conheça a convidativa Wellington

Estações do ano

Com estações bem definidas, Queenstown pode ser visitada em qualquer época do ano. No entanto, o inverno – entre junho e agosto – é ideal para praticar Snowboard, ski e outros esportes na neve. Importante ter atenção com as tempestades de neve ou chuvas intensas que ocorrem durante o período.

Queenstown-blog-alem-do-mar
Avenida central de Queenstown (Foto: Além do Mar)

O verão é perfeito para atividades ao ar livre, como trilhas, acampar, saltar de bungy jump – que, por falar nisso, foi inventado na região. Muitas atividades turísticas podem ser feitas com baixo custo sem deixar nada a desejar já que o local é organizado, com variedade de restaurantes e cafeterias para todos os bolsos.

Passeios de luxo também atraem turistas que querem investir em suas viagens. Voos panorâmicos pelas montanhas e visitas guiadas por vinícolas estão na lista desse tipo de turismo.

Onde ficar

Na alta temporada – dezembro a janeiro e depois julho a agosto – pode ser necessário reservar acomodações com antecedência. De acordo com dados do site de hospedagem Trivago, janeiro é o mês mais cheio e, portanto, o mais caro, principalmente se você quiser hospedagens em chalés ou apartamentos espalhados na cidade.

Albergues e opções mais baratas e confortáveis também podem ser encontradas, basta se informar nos sites de buscas. Verifique também recomendações e avaliações de antigos hóspedes.

Preço médio para janeiro: NZ$387 (diária)

Maio é o mês mais barato para visitar: maio, no fim do outono e chegada do inverno.

Queenstown-blog-alem-do-mar
Um dos passeios disponíveis em Queenstown com paisagens lindas ao fundo. (Foto: Além do Mar)

#4 coisas para fazer na cidade

1.Visite a charmosa cidade Arrowtown no estilo faroeste (apenas 20km de distância de Queenstown)

2.Vá de gôndola até o topo da cidade para uma vista panorâmica e inesquescível.

3. Delicie-se com um hambúrguer no tradicional (e sempre movimentado) Fegburger. Mas você também pode ir em outras tantas opções na cidade.

4. Shootover Jet – passeio de lancha nos rios da cidade.

 

Informações sobre a cidade:
https://www.queenstownnz.co.nz/insights-and-stats

https://www.mbie.govt.nz/info-services/sectors-industries/tourism/tourism-research-data/monthly-regional-tourism-estimates

Comentários

Siga o Além do Mar

Comunicóloga freelancer e expatriada. Curiosa por novas histórias e idealizadora do Além do Mar. Escreve com o propósito de solucionar problemas de uma maneira mais leve - ou para organizar o caos mental vez ou outra. =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.