urnas-blog-alem-do-mar
Dia a dia kiwi

Saiba como votar no exterior

Ano de Copa do Mundo de Futebol – Masculino – também é ano de eleições brasileiras. O primeiro turno está marcado para o dia 7 de outubro e as votações serão para Presidente da República, Governadores, Senadores e Deputados Federais e Estaduais. Brasileiros que estão fora do país podem exercer o direito ao voto, mas nesse caso, apenas para Presidente.

Bem, independentemente da sua decisão de votar ou justificar o seu voto é importante ficar em dia com a justiça brasileira. Neste post vou falar sobre o passo a passo para legalizar sua situação nas eleições deste ano.

Para quem vai votar na Nova Zelândia

Na Nova Zelândia, os brasileiros votam na cidade de Wellington.

O voto para maiores de 18 anos é obrigatório e você vai precisar do título de eleitor em mãos e comprovante de voto das eleições anteriores, se for o caso. Na Nova Zelândia o voto é realizado na Embaixada brasileira, em Wellington, mas para isso você precisa ter transferido seu domicílio eleitoral.

“Aqueles que, embora residindo no exterior, mantenham seu domicílio eleitoral em município brasileiro continuam obrigados a votar em todas as eleições, devendo, portanto, justificar suas ausências às urnas enquanto estiverem fora do país.” (Fonte: Portal Consular Itamaraty)

Como solicitar transferência de domicílio eleitoral

Você não é obrigado a transferir seu título para o seu novo país de residência, no entanto, deverá justificar seu voto a cada eleição – cada turno conta como uma eleição. Para transferir seu título eleitoral para a Nova Zelândia você precisa comprovar que reside há pelo menos três meses no país.

justiça-eleitoral-blog-alem-do-marA transferência poderá ser solicitada a qualquer momento, mas em ano de eleição o procedimento fica restrito no meses que antecedem a ida às urnas. Neste ano, o processo reabre dia 5 de novembro.

 Você precisará preencher o formulário disponível no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e anexar documento de identidade, comprovante de residência e formulário de requerimento de isenção de multas. Para mais detalhes sobre a documentação, acesse:

TSE
http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/eleitor-no-exterior

Embaixada brasileira em Wellington
http://wellington.itamaraty.gov.br/pt-br/transferencia_eleitoral.xml

A situação irregular com a justiça eleitoral pode interferir, entre outros, na aplicação de vistos ou solicitação de documentos oficiais no Brasil.

Justificar voto

Se você não poderá votar nestas eleições você vai precisar:

  • Cópia de documento de identificação oficial brasileiro
  • Preenchimento do Requerimento de Justificativa Eleitoral
  • Comprovante da sua ausência – passagem aérea, matrícula de instituição de ensino no exterior etc.
Comentários

Siga o Além do Mar

Comunicóloga freelancer e expatriada. Curiosa por novas histórias e idealizadora do Além do Mar. Escreve com o propósito de solucionar problemas de uma maneira mais leve - ou para organizar o caos mental vez ou outra. =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.